quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

La Befana - A Bruxa do Natal

 La Befana é a Bruxa do Natal do folclore Italiano. Conhecida por sair nos últimos dias de natal voando numa vassoura velha e entrando pelas chaminés como o Papai Noel para distribuir presentes para as crianças bem comportadas, e carvão para os mal criados.

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Belsnickel

Belsnickel ou Pelznickel é também conhecido como o Papai Noel do Mato. Uma criatura assustadora do folclores germânico que está associada com os ajudantes do Papai Noel.

sábado, 19 de dezembro de 2020

Mari Lwyd - A Égua Cinzenta

 Mari Lwyd é um equino fantasma que aterroriza as cidades nas noites de natal mais desertas. Seu nome significa Égua Cinzenta e sua origem vem das lendas celtas das Ilhas Britânicas.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Árvore de Natal


Um dos mais famosos símbolos do Natal é a Árvore de Natal ou Árvore de Yule era um pinheiro, onde na noite de 24 de Dezembro quando o sol estava mais afastado da terra, as famílias das aldeias se reuniam para fazer suas oferendas aos deuses e elementais, decorando os galhos com guirlandas, velas, castanhas, pinhas e muitos frutos. Tudo era amarrado como um pedido de ajuda, para que a luz vencesse as trevas, e a vida vencesse a morte por mais um ano.

Ouropel e a Aranha de Natal

O Ouropel é um dos enfeites mais utilizados na época de Natal, também é conhecido como Lametta. Sua versão moderna que conhecemos hoje foi criada em Nuremberg na Alemanha em 1610.

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Chibamba


Chibamba é um monstro do folclore brasileiro, predominante em Minas Gerais, precisamente no Sul do Estado.

Acredita-se que tenha vindo para o Brasil nos tempos coloniais, em um navio negreiro, escondido com os escravos, assim como o Quibungo.

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Cabra Cabriola



A Cabra Cabriola é um monstro do folclore brasileiro, popular na região Nordeste. Conhecida por ser uma Cabra grotesca de proporções avantajadas. Sua lenda talvez tenha surgido em Portugal, mas sua figura também aparece na Espanha. Chegou ao Brasil na época colonial.

domingo, 12 de julho de 2020

Sílfides



Sílfides são espíritos elementais do ar, a versão feminina dos Silfos, criaturas mitológicas que habitam as nuvens dos céus e os lugares mais altos da Terra.

terça-feira, 7 de abril de 2020

Quarta-feira de Trevas



A Quarta-feira de trevas é o quarto dia da Semana Santa, aquele que antecede a morte e ressurreição de Jesus Cristo.

domingo, 26 de janeiro de 2020

Guardiã dos Sonhos


A Guardiã dos sonhos é uma boneca do folclore da Malásia. Culturas antigas acreditam que ela serve como um amuleto para proteger as pessoas de pesadelos e agouros.

Tem o formato de uma mulher dividida em duas cores, branco e preto, assim como o símbolo Yin Yang, simbolizando as duas energias opostas, o bem e o mal, o equilíbrio.

Possuem um círculo como uma coroa em volta da cabeça, adornado com penas que remetem a forma do popular conhecido Filtro dos Sonhos, que tem o mesmo objetivo: proteger contra os pesadelos e maus presságios.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Mãe do Ouro




A Mãe do Ouro é uma lenda do folclore brasileiro. Popular em algumas regiões como centro-oeste, sudeste e nordeste.

Ela é descrita como uma bola de fogo que voa pelos ares nas noites mais escuras. Sempre é vista saindo de cavernas e muitas vezes confundida com o Fogo-Fátuo.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Símbolos e elementos do Natal



O Natal é a comemoração mais popular da atualidade, para os tempos modernos e a maioria das pessoas, é a celebração do nascimento de Jesus de Nazaré, mas o que nem todos sabem é que essa data especial surgiu há pelo menos 7 mil anos antes do nascimento de Cristo.

As antigas civilizações já celebravam o Solstício de inverno do hemisfério norte no planeta, quando o sol estava mais distante da terra, fazendo com quê as trevas e o frio dominassem a luz e o calor.

O nascimento de Jesus Cristo foi ressignificado pela Igreja Católica no século III para o dia 25 de Dezembro, a fim de estimular a conversão dos povos pagãos.

Os símbolos do Solstício de inverno (também conhecido como Yule pelos pagãos) são usados até hoje, conheça alguns deles com seu significado e origem, assim como também símbolos do Natal moderno e cristão: