terça-feira, 13 de agosto de 2019

Quibungo



Quibungo é uma criatura do folclore africano que se popularizou no Brasil com a vinda dos navios negreiros para a Bahia no tempo da escravidão.

É um ser horrendo metade homem metade animal, parece muito com um Lobisomem, pois tem algumas características semelhantes como um corpo peludo, garras, cabeça muito grande rosto de um macaco ou gorila e a boca cheia de presas, possui uma boca enorme em suas costas que se abre quando ele abaixa a cabeça, e se fecha quando ele a levanta.



Como outro seres do folclore brasileiro, o Quibungo vive nas matas como um ogro, é sujo e esfarrapado. Muito fedorento, ele costuma atacar aldeias para capturar crianças, que são seu alimento favorito, pois encaixam perfeitamente na boca faminta das suas costas.



Algumas pessoas contam que ele veio em um navio de escravos, foi trazido por eles para tentar se proteger dos homens brancos no Brasil, então pode ter vindo escondido e veio parar na Bahia, onde talvez  até hoje ficou. Fugiu para as matas e começou a morar nas grutas, onde começou a caçar para sobreviver.



Com o passar do tempo, esse ser foi desaparecendo, quase ninguém fala mais nele, mas ainda continua no imaginário popular, sendo mais usado para histórias para fazer crianças mal criadas terem medo.



Um comentário: