terça-feira, 20 de junho de 2017

Capricórnio



O Capricórnio é uma besta fantástica que tem o corpo metade cabra (cabeça e antebraços) e peixe (cauda). É também o décimo signo do zodíaco e um dos 3 signos da Terra.


O capricórnio pode ter se originado de uma lenda babilônica muito antiga, sendo o deus da água chamado 'Ea'. Porém, sua versão mais conhecida é a da mitologia greco-romana.



Os gregos antigos contam que há muito tempo atrás, existia uma espécie de animais chamada 'Cabras do mar', elas eram filhas de Pricus, e viviam perto da costa, eram muito honestas e podiam conversar e pensar, assim como também eram atendidas pelos deuses.



Pricus era associado com Cronos, o deus do tempo, e percebeu que estava perdendo seus filhos para a terra, pois quando as cabras do mar nadavam para a costa, alcançavam a terra e se secavam com o sol, assim sua cauda de peixe desaparecia e eles se tornavam as cabras que conhecemos nos dias de hoje.



O pai da raça decidiu voltar o tempo, para que eles não fossem embora da água, mas mesmo os advertindo, os cabritos voltavam para a terra e então ele percebeu que o destino deles eram se transformar em cabras normais.

Pricus ficou muito triste, pois era o único que não perdeu sua cauda e mesmo sabendo que nunca funcionaria o controle do tempo, ele se isola na solidão e implora para que Cronos o deixe morrer, com pena, Cronos o envia para o céu, para que viva sua imortalidade como a constelação chamada Capricórnio, e assim ele poderia ver seus filhos para sempre, das montanhas mais altas das estrelas.



Em uma outra versão, quem o enviou para se transformar em constelação, foi Zeus, que era associado com ele por os dois terem sido amamentados pela cabra deusa Amalteia.

Ainda existe outra versão em que o deus sátiro Pan, se jogou na água, dando origem ao Capricórnio, criando uma cauda de peixe.



Capricórnio é  governado pelo planeta Saturno. Seu símbolo é baseado no deus primordial dos Sumérios de sabedoria e das águas, Enki com a cabeça de uma cabra montesa e a parte inferior do uma cauda de um peixe. Enki era o deus da inteligência, criação de artesanato, magia curativa, água, água do mar e água do lago.


Dedicação de postagem: Kelvin Paqueira

Um comentário:

  1. Muito o texto adorei descobrir mais sobre meu signo, belo trabalho Erik e continue sempre assim com esse belo blog, obrigado pela dedicatoria a mim Amei. Grato. Abraço.

    ResponderExcluir