quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O Lado obscuro da Lua


O lado obscuro da Lua é o hemisfério do fantástico satélite natural que não está sempre virado para a Terra. Com um terreno robusto, apresentando uma infinidade de crateras de impactos desconhecidos, possui uma das maiores crateras do Sistema Solar.


Cerca de 18% do lado oculto sempre foi visível da Terra devido a iluminação solar. Os 82% restantes permaneceram em mistério até 1959, quando foi fotografado por uma sonda espacial da União Soviética.

Antes disso, a lua era mais tida como algo misterioso. Se ainda é hoje, imagine centenas de anos atrás, quando as primeiras lendas e crenças como os nativos, aborígenes, povos egípcios e diversas civilizações antigas veneravam a lua como uma deusa, seu lado oculto representava sua parte má, e nesse espaço existiam as mais temíveis criaturas.

Histórias da época medieval contavam que a Lua era o lugar onde os Dragões moravam antes de vir para a Terra, o lado escuro abrigava as criaturas bestiais de vários tamanhos, que por razões desconhecidas desceram para o nosso planeta.

A lenda de dragões da lua perdurou, podemos pegar como exemplo a antiga crença nacional das manchas lunares ter uma representação de São Jorge batalhando com um Dragão.



Com o passar dos anos, com avanços tecnológicos, surgiram teorias científicas e até relatos de que o lado oculto da lua pode ter abrigado, e ainda abriga até hoje uma raça extraterrestre, escondida por meios de conspiração, e que observam a humanidade por muito tempo.



Segundo Richard C. Hoagland, ex-consultor da NASA e curador de astronomia e ciências espaciais, passou décadas observando uma grande movimentação de naves e sondas, rondando a lua com propósitos secretos além de simples fotos, que até mesmo elas revelam exemplos específicos de anomalias que só poderiam ser explicadas por lá sendo restos antigos de uma tecnologia extremamente avançada.

Hoagland que também é o fundador da Missão Empresarial, uma extensa análise da pesquisa privada sobre o espaço. Ele alega que a NASA descobriu evidências de uma sociedade primitiva lua:

"O que a NASA não diz ao povo americano é que descobriu os restos de uma antiga civilização lunar, e até hoje, os dados e os artefatos não foram divulgados à população."

Em seu livros sobre a história secreta da NASA, Hoagland alega existem enormes torres de vidro e cúpulas sobre a lua que têm produzido efeitos prismáticos em fotografias feitas pela sonda Apollo e estão disponíveis em sites da NASA. Ele também afirma que existem inúmeros recursos terrestres geométricas como provas de estruturas antigas.

Um castelo na lua? A foto foi desmentida pela NASA, mas acreditada por muitos.
Existem também relatos de bases alienígenas em crateras lunares mais fundas, assim como há quem diga que os tripulantes do Apollo 11, tiveram contato visual com Óvnis, mas foram orientados a manter silêncio.



Na ficção, o lado oculto da lua é parte do cenário de várias histórias, que sempre ressaltam criaturas extraterrestres, monstros lunares e várias teorias de conspiração. Podemos citar como exemplo em histórias da Marvel, em que existe uma raça morando nessa parte da lua. Eles se originaram de experimentos de extraterrestres que geralmente davam errados, se transformando em mutantes e sendo descartados no lado escuro da lua.

Em X-men, a épica e última batalha da Saga da Fênix Negra acontece no Lado Azul da Lua.

2 comentários:

  1. Gostei! Ficou bem massa essa matéria!

    ResponderExcluir
  2. Existem mesmo bastantes especulações sobre o lado oculto da Lua. Muita vezes não sabemos em quem confiar, pois não é de hoje que os órgãos oficiais de comunicação mentem para a população. Por outro lado, especulações sem provas são muito frágeis.
    De qualquer maneira é um assunto que merece atenção.
    Grande abraço,
    Almir Albuquerque
    Rama na Vimana

    ResponderExcluir