terça-feira, 5 de maio de 2015

Pássaro Roc


O Pássaro Roc, também conhecido como Roca, é uma lendária ave de rapina gigantesca da Mitologia Persa.

De acordo com as lendas antigas, sua origem veio da batalha entre Garuda e as serpentes Naga, da lua, originárias do folclore hindu, e com o passar dos anos, a ave Roca apareceu fluentemente na ilha de Madagascar, montanhas próximas a China e na Pérsia, sendo um personagem frequente histórias de marinheiros e por fim popularizada no conto das Mil e uma noites.


Sua descrição dominante é de uma ave de rapina de um monstruoso tamanho, que podemos comparar nos dias de hoje com um jato. Sua boca seria cheia de dentes, com uma lingua que se dividia em duas, assim como uma serpente. Sua força era grotesca, capaz de carregar animais de grande porte em suas garras, descritas como espadas afiadas e curvas. 


Seu comportamento era agressivo, vivia em montanhas protegendo pedras preciosas de humanos saqueadores. O Pássaro Roc atacava com ferocidade quem se aproximasse de seu habitat, com suas poderosas asas, conseguia criar ventos tão fortes como os de um furacão. Sua alimentação era carnívora, e humanos serviam apenas de petisco, pois ela preferia animais grandes como elefantes.



O Pássaro Roc é conhecido por ser o grande vilão da história de Simbad, na obra As Mil e Uma Noites, assim como na obra do brasileiro Monteiro Lobato, em Reinações de Narizinho, quando suas garras são confundidas com árvores.


Dedicação de postagem: Alex de Castro, de aniversário, amigo de longa-data.

2 comentários:

  1. Interessante a história dessa ave. Até Simbad já teve que enfrentá-la. Obrigado pela dedicatória.

    ResponderExcluir
  2. Interessante a história dessa ave. Até Simbad já teve que enfrentá-la. Obrigado pela dedicatória.

    ResponderExcluir