segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mamom



Segundo o Novo Testamento, Mamom é um demônio que representa a cobiça e o materialismo. Na maioria das vezes é personificado como uma divindade, e, por vezes incluído nos sete príncipes do inferno.


Na famosa passagem bíblica do Sermão da Montanha, falam sobre Mamom durante o discurso da ostentação. Também na Bíblia, Mamom foi personificado como um deus falso. Para os cristãos seu nome é um sinônimo pejorativo para a gula e ganância sobre bens materiais, principalmente o dinheiro.


Não existem vestígios de um Deus chamado Mamom, porém, existem relatos de um anjo caído muito apegado ao materialismo, tendo inclusive construído um palácio de ouro para Lúcifer.


Segundo relatos, sua aparência varia muito. Porém podemos descrevê-lo como um homem de posses, porém, deformado, que sempre carrega uma sacola com moedas de ouro nas costas, que induz os seres humanos em troca de suas almas, por isso referem-se a ele como O devorador de almas, e até mesmo como Anticristo.


No Filme Constantine, Mamom é ambicioso filho de Satã, que deseja dominar o mundo.


Em Spawn, ele é retratado como um cavalheiro elegante que negocia as almas dos humanos, e que por muitas vezes ajuda o protagonista em suas aventuras. Segundo a historia, Mamom não tomou parte nem do lado divino, e muito menos do lado obscuro, por isso é evitado tanto por Deus como pelo Diabo.

Um comentário:

  1. Em uma estoria de hellblazer, mamon é o nome de uma empresa de demônios corretores de alma. http://estranhaaparicao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir