sábado, 19 de janeiro de 2013

El Trauco



É uma entidade da floresta, que tem a forma humanoide de não mais que 80 centímetros de altura, com o rosto masculino feio, mas olhar doce, sedutor e sensual, suas pernas peludas terminam não em pés, mas em tocos, as vezes veste um terno surrado ou uma roupa de folhas e uma tampa de madeira em sua cabeça, sempre está carregando consigo um machado de pedra.

É o espírito de amor fecundo, criador de uma nova vida, chamado de pai dos filhos ilegítimos (às vezes é usado como explicação para uma gravidez indesejada, principalmente em mulheres solteiras, as pessoas dizem ser o Trauco, o pai ausente).


Ele vive nas matas, a lenda vem do Chile e ele habita as ilhas do sul do país. É um caso de preocupação para as meninas solteiras que moram próximas a florestas. Na opinião de algumas que já o viram, relatam que apesar de ser um monstro horrível, é atraente, mas para outras pessoas deve ser evitado imediatamente.


As mães da região tomam todas as precauções para que suas filhas não viagem sozinhas ou subam as montanhas para colher lenha sem acompanhantes que não sejam seus irmãos mais novos, pois também são vitimas do Trauco.


Para esperar as vítimas, o Trauco se pendura em um galho de árvore com um gancho, ou até mesmo com seu machado, para evitar todo tipo de testemunha, apesar de não ligar muito para isso.


Quando escurece, ele retorna para sua casa, onde encontra sua esposa estéril e sempre mal-humorada, a chamada Fiura, (Feiura) a temida.  

 

Quando consegue capturar alguma menina, ele a leva para casa, e logo em seguida vai à porta de sua casa depositar seu excremento preto, deixando de lembrança para a família da jovem que está desaparecida, assim, ficam sabendo que ela está com o Trauco.


Para raptar as meninas, que ele prefere principalmente solteiras e feiosas, dá três batidas em um tronco, provocando um barulho ensurdecedor perto da jovem, que cai atordoada, então ele a puxa pelos cabelos levando para sua casa, e até as vezes fazendo suas diabruras ali mesmo, engravidando a moça, e depois a deixa fugir.


A menina acorda tonta, e sai correndo para casa, com  o passar dos meses o corpo da jovem passa por mudanças, como se estivesse possuído pelo Trauco, manifestações que em momento algum tenta esconder, e aos nove meses, o filho do Trauco nasce, apesar de aparentar ser uma criança normal, os demais tem o conhecimento que ele foi fruto de um ser sobrenatural . 


Nenhum comentário:

Postar um comentário